quarta-feira, 5 de março de 2014

Formato e Cor da Vagina raramente indicam doenças.

Matéria mega importante que saiu no portal do MSN e como tem tudo a ver com a assunto abordado no blog segue link:
 
 
Vou iniciar com um pedaço da matéria, mas, é importantíssimo lê-la por completo.
 
 
 

Quando a anatomia da vulva realmente é um problema?

  • A maior queixa que observamos são as hipertrofias e assimetrias dos pequenos lábios. Devemos lembrar que eles, principalmente a parte superior que recobre o clitóris, apresentam maior sensibilidade e contribuem para o prazer durante a relação. Muitas cirurgias estéticas são apenas amputações grosseiras e podem diminuir a sensibilidade local. Algumas técnicas podem ser mais eficazes, reduzindo a possibilidade de perda desta sensibilidade. Portanto, antes de se submeter a qualquer procedimento de labioplastia (cirurgia que reduz os grandes e pequenos lábios ou muda a sua forma) informe-se bem sobre as opções. 
  • A segunda queixa igualmente frequente é a respeito da coloração da região. Em nossa cultura, o loiro é belo. Como nossa população é na maioria morena, o acúmulo de melanina nesta região faz parte da nossa genética. A fricção de roupas ou da própria pele, depilações, infecções, diabetes, gestações e a idade podem piorar este quadro. Estas manchas podem ser atenuadas com laser, cremes e outros produtos indicados por especialistas.
  • A terceira queixa é a diminuição da gordura dos grandes lábios com o envelhecimento. Esta mudança pode ser atenuada pelo preenchimento da área com gordura de outra parte do corpo. 
  • O tamanho do clitóris também aparece na lista e a causa deve ser investigada, pois pode estar relacionada a problema hormonal, uso de hormônios ou anabolizantes. Existem cirurgias que podem diminuir sem a perda da sensibilidade local.
Em resumo, é nesta região onde se concretiza a relação sexual. Muitos problemas com o corpo, com a sexualidade e seu desenvolvimento, abusos na infância e outras questões se escondem por trás de uma queixa puramente estética, de higiene ou de conforto. E isso independe do nível socioeconômico e cultural. 

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Assepsia da roupa íntima - Lavar roupa íntima no banho

Bom, depois de um longo bate - papo sobre a bartolinite vou expor aqui algumas reportagens que encontrei sobre como lavar corretamente a roupa íntima.


Pode lavar a calcinha durante o banho?

É preciso escolher o produto certo. O sabonete que usamos no banho não tem poder de limpeza. O melhor mesmo é deixar no box um pedaço de sabão neutro (de lavar roupa). Ou investir em um sabão especial para lavar a lingerie no chuveiro. Ele limpa bem e não danifica a peça.
Depois de lavar, pendure no varal ou coloque na máquina de secar. Jamais deixe pendurado no box pois o banheiro é úmido, ela demora mais para secar ali. E tecidos molhados favorecem a proliferação de fungos.
(fonte: http://mdemulher.abril.com.br/blogs/corpo-saudavel/higiene/pode-lavar-a-calcinha-no-chuveiro/)

Reportagem muito bacana que saiu no portal do yahoo um tempo atrás.
A regra sobre a lavagem no chuveiro é simples. Pode! Desde que seja respeitado o processo de secar ao sol ou qualquer outro ambiente com ventilação e bem longe do banheiro. Segundo a ginecologista e obstetra Bárbara Murayama, o cômodo mais úmido da casa é também o lugar onde mais se proliferam fungos e bactérias. “O chuveiro é bacana porque além de a água ser morna, é corrente. Mas a peça deve ser lavada com o produto certo e nunca permanecer no box. Ao final do banho, é preciso pendurar no varal”, orienta.
A médica adverte sobre o uso do sabonete. O ideal é usar detergentes específicos para roupa íntima ou sabonetes líquidos, sem muita cor ou cheiro. “No geral, os produtos devem ter o PH (que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade da fórmula) neutro, sobretudo os usados na região íntima. Os mais recomendados são os líquidos, sem perfume e corante, para evitar alergias”. 
Sabão de coco ou outros utilizados para este tipo de lavagem – os quais respeitam a composição citada pela especialista – são os mais adequados. “É bom evitar o sabão de pedra, que junta microorganismos ao ficar em contato com outros tecidos ou em um ambiente úmido. O sabão em pó também é ruim, porque se não for bem enxaguado, pode sobrar algum resíduo na peça. Amaciante é totalmente desnecessário, tem muito perfume”.   

Para evitar quaisquer tipos de infecções vaginais ou corrimentos, os cuidados têm de ser redobrados quando a lavagem é feita na máquina de lavar. Primeiramente, a roupa íntima deve ser separada de qualquer outra e só pode ser colocada de molho – para eliminar eventual mancha – depois de tirar toda a sujeira. “E tem de ser lavado no mesmo dia”, ressalta a ginecologista. “Além disso, a máquina deve ser higienizada antes”. Pode ser apenas com água, para tirar os resíduos. 
 
Outra sugestão importante é não misturar os tecidos de algodão com os de lycra, cada uma exige um cuidado, e separar as cores na hora de lavar. A atenção deve ser a mesma depois de recolher as peças, o mais indicado é passar o fundo. “Não precisa exagerar, mas não custa nada passar o ferro na parte da calcinha que tem o contato direto com a vagina. Isso vai garantir que sejam eliminados todos os fungos, já que nem todas as máquinas lavam com água quente e nem todos os dias há sol para secar”, indica Bárbara. 

(fonte: http://br.mulher.yahoo.com/cuidados-com-a-roupa-%C3%ADntima--lavar-no-chuveiro-ou-na-m%C3%A1quina-163128245.html)

Cuidados Pessoais
Cuidando da higiene pessoal 
Para se proteger de qualquer tipo de infecção, não basta somente que a roupa íntima esteja bem cuidada, é preciso ter os mesmos cuidados com a higiene pessoal. A má higiene na região íntima facilita a contaminação, alerta a médica. “Desde os problemas mais simples como corrimentos, até doenças sexualmente transmissíveis e infecção de urina podem ser causadas se a higienização não for correta”, reforça.
 
Neste caso, tanto a mulher quanto o homem devem se atentar. “No caso das mulheres, é preciso mais cuidados porque estamos falando de um órgão interno”, ressalta a obstetra. “Mas são hábitos simples como: trocar o absorvente a cada quatro horas, lavar adequadamente e com o sabonete líquido, de preferência, e neutro. Mas tem de haver equilíbrio, pois a oleosidade e pelos são proteções naturais do corpo”.
(fonte: http://br.mulher.yahoo.com/cuidados-com-a-roupa-%C3%ADntima--lavar-no-chuveiro-ou-na-m%C3%A1quina-163128245.html)

sábado, 28 de dezembro de 2013

Bartholinitis - Bartholinite.                                                                     tradutos translation by google.

What is it?

Bartholinitis is inflammation of the Bartholin's glands are glands housed in the vaginal wall are two one on the left and one on the right , they have the function to lubricate the vaginal canal , and prepares it for the sex act . They have an approximate size between 0.5 and 1.0 cm deep and are located at the entrance of the vagina ( vulva ) .




What causes Bartholinitis ?

It is caused by obstruction of the gland ducts , as doing that all fluid secretion or flow slowly or even stand still causing inflammation and hence the swelling. This obstruction can be caused not only by STD -causing agents such as gonococcus ( gonorrhea ) and Chlamydia bacteria but also by the intestinal flora ( bacteria that are not sexually transmitted ) .

Still has not inflammatory obstruction of the ducts which are usually of traumatic origin can happen during delivery or episiotomy ( surgical cut made to facilitate the exit of the baby ) a strong beat and even during oral sex , in this case usually the pain is immediate and does not cause swelling over the region is highly delicate and purple after a few days ( 2 or 3 at most ) is that the swelling and bruising will appear faded .

Symptoms

If the cyst is small and no infection occurs , you may not notice . Care .
  • A body or a painful lump near the vaginal opening
  • Discomfort when walking or sitting
  • Pain during intercourse
  • fever

A cyst or abscess usually occurs on only one side of the vaginal opening .

 Bartholinitis advanced.

Note: Girls are look, touch each other , enjoy bath time , just so you noticed something strange in your body before it's too late .

Immediate home treatment .

To ease the pain while going to the doctor is not sitz bath , fill a bowl with warm water and there is sitting there , quietly , do 3-4 times a day .
Another option is to do less work and warm compresses can put water in a bottle and let the swollen spot , if you have better thermal bag .

Medical treatment

First, the draining can be done with the syringe or even a surgical cut will depend on the size of the cyst not always apply to the anesthesia , after draining, including appropriate care and medication continuation of Seats compresses or baths can vanish the cyst , if returned more than once is recommended that surgery is the removal of the gland .
It is a simple and quick surgery, the patient can be discharged 12 hours after the procedure , but usually stays in the hospital for 24 hours .

Consequences of the withdrawal of the Bartholin gland

The female genitalia has only two sets of gland that contribute to vaginal lubrication : one located in the vaginal canal entrance , which is constituted primarily by Bartholin's gland with the aid of Skene gland that contributes to the secretion of a mucoid substance together the other sets gland located at the entrance to the womb . However glands are not able to promote full lubrication for sexual intercourse to take place comfortably , the main component of the lubricant is BLOOD PLASMA crossing the epithelium of the vaginal canal when it is stretched during the excitation process that must occur before penetration .


Own experience

Girls feel any discomfort related to this, immediately seek a gynecologist / obstetrician , medical Bartholinitis the pain is really unbearable if allowed to proceed , can not sleep , walk, sit , stretch and bend the legs on the bed , the will is that the hospital to come to you .

  • As the pain of 0 to 10 can give 9.8.


The evolution is rapid and when you least imagine is no longer accomplishing these routine movement. One day you look withered and the cyst is there and painless , there a few days he reappears twice the size and pain .

The drainage seems a miracle , works immediately and the pain disappears after a few hours you feel a slight back ache but it's hole or cut made by the doctor , because you have to use a needle to exit all grossinha inflammation or make a beefy cut from 0.5cm to 1cm .

If a gland is removed , for example, the left side, bartholinitis may reemerge on the right side, because this side became overloaded , the procedure is always the same, and is looking for a medical drainage.

Natural disruption of the abscess.

Only happened to me once and it was quite by chance , I was going through horrible pain and doing warm compress when pulled through an already cold compress to replace a new morma , after an hour or so during the night , a " surge " pain , grabbed a bag of the first pad that was next to my bed and the cold climate of the room environment and placed in abscess , shortly after he broke alone, I felt that inflammation was leaking and did not believe it at the same time the pain passed, I could finally sleep !

I think there was a mild heat shock and sensitive skin just breaking .


Surgery

I took the epidural . Have to be fasted for 12h .

quarta-feira, 2 de maio de 2012

...

Bartolinite - Bartholinite

O que é?

Bartolinite é a inflamação das glândulas de Bartholin, são glândulas alojadas na parede vaginal existem duas uma do lado esquerdo e outra do lado direito, elas tem a função de lubrificar o canal vaginal, bem como prepara- lo para o ato sexual. Possuem um tamanho aproximado entre 0,5 e 1,0 cm e estão localizadas profundamente na entrada da vagina (vulva).

O que causa a Bartolinite?

É causada pela obstrução dos ductos da glândula, fazendo como que todo o fluido ou secreção fluam lentamente ou até mesmo fiquem parados causando a inflamação e consequentemente o inchaço. Essa obstrução pode ser causada não só por agentes causadores de DST, como gonococo (gonorreia) e clamídia mas também por bactérias da flora intestinal, (bactérias que não são sexualmente transmissíveis). 

Ainda tem as obstruções não inflamatórias dos ductos que geralmente são de origem traumática podem acontecer durante o parto, ou a episiotomia (corte cirúrgico realizado para facilitar a saída do bebê) uma forte batida e até mesmo durante no sexo oral, nesse caso geralmente a dor é imediata e não causa o inchaço mais a região fica fortemente delicada e roxa, após poucos dias (2 ou 3 no máximo) é que o inchaço aparece e o roxidão vai sumindo.

Sintomas

Se o cisto é pequeno e não ocorre a infecção, você pode não notar. Cuidado.
  • Uma massa ou um caroço doloroso perto da abertura vaginal
  • Desconforto ao caminhar ou sentar
  • Dor durante a relação sexual
  • Febre
Um cisto ou abscesso geralmente ocorre em apenas um lado da abertura vaginal.

Bartolinite em estágio avançado.

Obs: Meninas se olhem, se toquem, aproveitem a hora do banho, só assim vocês perceberam algo estranho no seu corpo antes que seja tarde.

Tratamento caseiro imediato. 

Para amenizar a dor enquanto não vai ao médico é banho de assento, encha uma bacia com aguá morna e fica ali sentadinha, quietinha, faça de 3 a 4 vezes ao dia.
Uma outra opção e menos trabalhosa é fazer compressas morna, pode colocar a água em uma garrafinha e deixar no local inchado, se tiver bolsa térmica melhor.

Tratamento Médico

Primeiramente a drenagem, pode ser feita com seringa ou até mesmo um corte cirúrgico vai depender do tamanho do cisto nem sempre da para aplicar anestesia, após a drenagem, os medicamentos e cuidados adequados inclusive a continuação das compressas ou banhos de assentos  o cisto pode sumir, caso volte por mais de uma vez o recomendado é a cirurgia que consiste na retirada da glândula.
É uma cirurgia simples e rápida, a paciente pode receber alta 12h depois do processo, porém geralmente permanece no hospital durante 24h.

Consequências da retirada da Glândula de Bartholin

A genitália feminina apresenta apenas dois conjuntos de glândula que contribuem para a lubrificação vaginal : um conjunto localizado na entrada do canal da vaginal, que é constituído principalmente pela glândula de Bartholin com o auxilio da Glândula Skene que contribui com a secreção de uma substância mucóide, o outro conjuntos de glândula localizada na entrada do útero. Entretanto as glândulas não são capazes de promover uma lubrificação plena para que ocorra a relação sexual de modo confortável, o principal componente da lubrificação é o PLASMA SANGUÍNEO que atravessa o epitélio do canal vaginal quando esse é distendido, durante o processo de excitação que deve ocorrer antes da penetração. 


Experiência Própria

Meninas se sentirem qualquer incomodo relacionado a isso, procurem imediatamente um médico ginecologista/obstetra, a dor da Bartolinite é realmente insuportável se deixada evoluir, não consegue dormir, andar, sentar, esticar e dobrar as pernas na cama , a vontade é de que o hospital venha até você. 


  • Quanto a dor, de 0 a 10 posso dar 9,8.


A evolução é rápida e quando menos se imagina já não está mais conseguindo realizar esses movimento rotineiros. Num dia você olha e o cisto está lá murcho e indolor, dali uns dias ele reaparece com o dobro do tamanho e da dor. 

A drenagem parece um milagre, funciona imediatamente e a dor some, depois de algumas horas você volta a sentir uma leve dorzinha mas é do furo ou do corte feito pelo médico, porque tem que usar uma agulha grossinha para sair toda inflamação ou fazer um corte grandinho de 0,5cm a 1cm.

Se for retirada uma glândula, por exemplo, a do lado esquerdo, a bartolinite pode ressurgir na do lado direito, pois esse lado ficou sobrecarregado, o procedimento é sempre o mesmo, procura um médico e faz a drenagem.

Rompimento Natural do Abscesso.

Comigo só aconteceu uma vez e foi muito por acaso, estava eu passando dores horríveis e fazendo compressa morna, quando retirei uma compressa já meio fria para substituir por uma nova morma, depois de uma hora mais ou menos durante a madrugada, num "surto" de dor, peguei um a primeira bolsa de compressa que estava ao lado da minha cama e gelada pelo clima ambiente do quarto e coloquei no abscesso, um pouco depois ele se rompeu sozinho, eu senti que a inflamação estava vazando e nem acreditei, ao mesmo tempo a dor foi passando, enfim pude dormir!! 

Acho que aconteceu um leve choque térmico e a pele sensível acabou rompendo.


Cirurgia

Eu levei a anestesia peridural. Tem que ficar em jejum de 12h.


É muito tranquila e rápida, acorda meio lesada como em qualquer tipo de sedação.